Solicite Orçamento
x
Nome:

E-mail:

Assunto:


Mensagem:











2004, o ano mais inovador e que mudou o mundo


O ano de 2004 foi, sem dúvida, o início de um marco deste milênio. Em janeiro desse ano, o Google lançou o Orkut e, logo no mês seguinte, Mark Zuckerberg fundava o Facebook, que nascera primeiramente na Universidade de Harvard, expandindo-se em seguida para as também Universidades de Stanford, Columbia e Yale. Uma nova era se consolida com a emancipação da Geração Y no mercado, inovação e criatividade é a ordem do momento. Fortalecendo a ideia de que o ano era mesmo de avanços para o mundo virtual, o Google lançou o Gmail que de cara oferecia 1gb de espaço e se tornou sucesso instantâneo. A web tomava, assim, outras proporções, e uma nova realidade começava.
2004 fora marcado também pelo início de um sonho, bem mais desafiador que aqueles que se sonha dormindo. Foi neste ano que Oberte Feijó, até então amparado pela estabilidade e conforto de sua posição de servidor público, decide, após frequentes pressões políticas e limitadoras, de uma geração (Geração X) que não conseguia conceber inovações como múltiplas atividades, pela exoneração de sua função e passa a dedicar-se exclusivamente às atividades na área de criação e design, as quais exercia, concomitantemente, desde 1997. Materializa-se um sonho, o primeiro grande passo: uma agência de criação e design.



Mark Zuckerberg

O que vem a partir daí é a realidade que todo profissional, de qualquer área, enfrenta ao se deparar sozinho com o mundo dos negócios: dificuldades. Uma realidade dura e com desdobramentos que não se aprende em nenhuma escola ou universidade. Experiência e determinação são frutos colhidos através da vivência, mas antes disto é preciso muita maturidade e perseverança, caso contrário o atalho rápido e confortável será o regresso à estabilidade do vínculo empregatício.
Deixo aqui a primeira dica para quem pensa em enfrentar o mundo lá fora em tais condições: a leitura do imprescindível livro Viver de Design, de Gilberto Strunck, o qual ajudou a não desistência e a persistência por um pouco mais de tempo.

Viver de Design - Gilberto Strunck



Atender clientes em casa com o barulho da cozinha, criança chorando, contas vencendo e a criatividade que antes era aliada e confidente, agora longínqua, tornava uma página em branco, definitivamente, assustadora. Isso é apenas alguns dos tantos desafios a enfrentar. Atender bem, precificar, estipular prazos e, ainda, fechar o balanço do mês foram valorosas conquistas, a duras penas. Com os primeiros reveses, vieram também novos aprendizados e toda uma reavaliação foi posta em prática, aperfeiçoando a técnica e assumindo um estilo próprio de criar: avaliando melhor cada desafio como sendo algo único e último, qualquer trabalho se tornará o trabalho da sua vida. Lembre-se que organização é tudo, um trabalho de cada vez, cada um com sua peculiaridade e originalidade, afinal, agora, você é o diretor de arte, o designer, o atendimento, o arte-finalista, o comercial, e você não aprendeu tudo isso na Universidade? Pois é, ninguém disse que iria ser fácil...

As dificuldades pareceram chegar junto com o Furacão Catarina (assim chamado informalmente em 2004), um ciclone tropical do Atlântico que atingiu a região sul do Brasil, causando enormes estragos, principalmente no estado de Santa Catarina. Nesse mesmo ano, a Odesign, depois de um início promissor e empolgante, parece atingida por estes mesmos ventos. Com um segundo semestre abaixo do prospectado, não consegue atingir as metas, terminando no vermelho e sem recursos para os investimentos projetados para o ano seguinte. Neste cenário, a desistência se tornava iminente. Porém, mesmo com o início de 2005 tenso e complicado, um fato novo mudou todo rumo da história. A Odesign se reinventa transformando sua página estática na internet em um site animado em Flash e com mais informações. Foi uma mudança decisiva para inauguração de um novo olhar, sob um horizonte infinito de possibilidades. Até então, o "entretenimento na web" virava, enfim, oportunidade para novos negócios.




Google
Forçada a mudar e buscar um novo posicionamento, a Odesign muda então sua estratégia, enxergando a internet com outros olhos - até então oferecia apenas criação e soluções para o design gráfico -, buscando nela uma forma de expansão de seus serviços. Ainda nesse ano cria o primeiro website para um cliente e, a partir daí, pega carona na explosão da bolha da internet, que começou lá em 1999, e que nos anos 2000 (embora tenha sido sinônimo de prejuízo) foi importante para fazer com que a internet tomasse grandes proporções e uma forma sólida. Os recursos que antes eram destinados a outros setores, agora eram redirecionados para o desenvolvimento de softwares e ferramentas para a internet, ocorre então a explosão das ações das empresas pontocom. A bolha estourou, mas empresas firmaram e se estabeleceram criando uma nova realidade que permanece e se expande até os dias de hoje.





Mozilla Firefox

Passados os efeitos catastróficos do Catarina, a Odesign surge como alternativa ao mais do mesmo existente nos sites quadrados, iguais a tudo e que faziam da internet uma monotonia. A empresa entra com tudo nesse mercado trazendo uma nova realidade: era possível ter um design bonito e eficiente também na web, fortalecendo a identidade visual dos clientes e mudando o paradigma dos sites "cartões de visitas", tornando-os atraentes, com conteúdo, informação e interatividade. A solução de ontem já não é mais solução, e Garçon à La pipe, um quadro de Pablo Picasso que em 2004 tornava-se o quadro mais caro do mundo, mais o lançamento do Mozilla Firefox, mostravam que o mundo não seria mais o mesmo depois daquele ano. E realmente ele nunca mais foi o mesmo. Agora, a informação em tempos de Google é o principal tesouro da humanidade. Assim como o robô Opportunity da NASA descobriu água em Marte, no mesmo ano de fundação da Odesign, descobrimos que o mundo mudou, e a internet, assim como as redes sociais, não são mais uma questão de escolha: é a imposição de um mercado muito mais ativo.


Garçon à La pipe



A Odesign passou por tudo isso, e completando 10 anos, com uma bagagem invejável dentro do mercado local, pode fazer muito por você ou por sua empresa. Prestigie quem tem história.
Entre em contato com a empresa que pensou o futuro, e que nasceu no ano mais inovador do planeta.



Odesign
Pensamos, logo CRIAMOS
Tem Perguntas?
Quer Respostas?

Visite nosso Portfólio!

Portfólio